H & m menina

[Enquete] O Islã é uma religião da paz?

2020.10.31 17:37 Cyberthinker [Enquete] O Islã é uma religião da paz?

Com os ataques terroristas na França e uma brasileira vítima, acho que não podemos fugir da reflexão.
Essa pergunta foi feita na televisão britânica: “O Islã é uma religião da paz?” A mesma pergunta foi feita para o público antes e depois do debate. Inicialmente, a maioria do público respondeu que SIM. Após ouvir os dois lados, a imensa maioria mudou completamente de ideia. Por isso acho que mais EDUCAÇÃO e menos religião é a chave pra tornar o mundo mais pacífico.
Aos que entendem inglês, convido a assistirem ao debate:
https://www.youtube.com/watch?v=rh34Xsq7D_A
Pra quem não entende inglês, recomendo ver os vídeos do Caio Fábio sobre o Islã. Apesar de ele ser religioso, acredito que a maioria das suas opiniões são bastante equilibradas, ele é bastante progressista.
https://www.youtube.com/watch?v=X7XI5OmnUJU
42% dos jovens muçulmanos na França apoiam o terrorismo - Pew Research p. 54 (Pew Reseach é uma das fontes mais confiáveis sobre estatísticas de muçulmanos).
https://www.pewresearch.org/wp-content/uploads/2007/05/muslim-americans.pdf
É um assunto delicado, mas tão necessário. Pra muitos, o Islã pode parecer algo distante. Quando eu morava no Brasil, na verdade eu nem sabia muita coisa a respeito. Só quando vim pra Europa e vi de perto o drama da imigração em massa, as ruas cheias de imigrantes, os choques culturais com o Islã... é que passei a procurar saber mais sobre o assunto. Já visitei Nice e moro perto... e por uma brasileira ser vítima, sinto esse atentado tão próximo. É lastimável.
Espero que possamos dialogar com equilíbrio e acima de tudo que isto possa servir de reflexão.

Um resumo dos dois lados apresentados no debate:
A favor: o fundamento de qualquer religião depende da interpretação, muitas coisas podem ser distorcidas. O fundamento do Islã pode ser interpretado como uma mensagem de paz (???). Existem muçulmanos de todos os tipos, com variadas crenças, a maioria é pacífica [mesmo as estatísticas dizendo que a maioria em certos países pode defender a pena de morte pra quem desrespeitar a religião e um número assustador defende o terrorismo]. Muitos culpam o Ocidente com o colonialismo por ter atrasado e impedido o Islã de evoluir.
Contra: O fundador do Islã, Maomé, foi um comandante de guerra, se casou com uma menina de 6 anos, instrua seus soldados a estuprarem as mulheres dos inimigos, espalhou o Islã com guerras. Maomé foi comandante, juiz e governante, assim como seus sucessores. Desde o início, o Islã sempre foi um sistema político, um código de leis e uma filosofia de conquista pela guerra (Jihad), nunca passou por um Iluminismo pra separar Estado de Religião e assim permanece nos dias de hoje. Em praticamente todos os lugares onde muçulmanos são maioria, a lei muçulmana é aplicada, o que inclui criminalização e até morte a gays, ateus, pessoas que abandonarem o Islã, e menos direitos para mulheres.
O que vocês acham: o Islã é uma religião da paz?
View Poll
submitted by Cyberthinker to brasilivre [link] [comments]


2020.10.31 17:11 silvakerax Vamos lá ver se isto afinal se usa...

Jovem moreno 25 anos procura menina ou meninas para ir a piscina do havana 😊
submitted by silvakerax to PortoSexDating [link] [comments]


2020.10.31 15:22 bes_sa O pior tipo de término

Estava a um ano e meio com uma menina, mas nossa enrolação já beirava mais de dois anos. Não sei o que houve, mas de uma semana pra outra parei de sentir aquela paixão ardente do início de namoro.
Abrimos nosso próprio negócio delivery juntos aqui na cidade de interior. Tava sendo nossa renda pra tudo.
Ela dormiu aqui em casa hoje e eu desabafei, sempre fomos muito abertos e sinceros para com o outro.
Pedi o término, mas foi horrível. Não havíamos brigado, não rolou traição ou muito menos desentendimento. Eu tô mal, ela mais ainda (quem recebe o término sempre é pego de surpresa).
Ela olhou pra mim e disse que sentia saudade de quando a gente não tinha dinheiro e dormia numa cama de solteiro, pelo menos naquele tempo a gente se entendia(fiquei bad)
Parte o coração saber que tô deixando ela triste, e que vai ser uma superação difícil, visto que moramos perto.
Não sou muito bom com palavras, mas queria me abrir com alguém que eu não conhecesse e que não quisesse 200 conto/hora.
submitted by bes_sa to desabafos [link] [comments]


2020.10.31 00:54 acidudu Dicas pro primeiro anal

Fala galera, a morena depois de muita conversa se interessou em fazer anal. E vamos praticar o ato esse fim de semana Alguma dica pra primeira vez? Ja fiz anal com outras meninas, mas todas experientes no assunto então não precisei me preocupar muito. Mas como é a primeira vez dela, queria que fosse o melhomais gostoso possível
submitted by acidudu to sexualidade [link] [comments]


2020.10.31 00:12 IgorExtreme1512 Tá foda achar uma garota gamer

Então eu sempre morei em cidade pequena com menos de 15k de pessoas morando e eu sempre fui apaixonado por games, eu agora nesta época de pandemia com todos os meus colegas da facul estando em outra cidade(eu faço a facul em outra cidade) fiquei um pouco distante deles, eu queria achar especificamente uma garota gamer por conta de que primeiro eu gosto de meninas que jogam e que NÃO SÃO AS TWITCH THOTS QUE TEM MAIS WEBCAM NA TELA DO QUE O GAMEPLAY NAS LIVES e segundo estou me sentido um pouco só, mas quando você mora numa cidade de 15k de habitantes é foda de achar e quando você acha ela é adolescente. PS: Eu tenho 19 quase 20 anos
submitted by IgorExtreme1512 to desabafo [link] [comments]


2020.10.31 00:12 IgorExtreme1512 Tá foda achar uma garota gamer

Então eu sempre morei em cidade pequena com menos de 15k de pessoas morando e eu sempre fui apaixonado por games, eu agora nesta época de pandemia com todos os meus colegas da facul estando em outra cidade(eu faço a facul em outra cidade) fiquei um pouco distante deles, eu queria achar especificamente uma garota gamer por conta de que primeiro eu gosto de meninas que jogam e que NÃO SÃO AS TWITCH THOTS QUE TEM MAIS WEBCAM NA TELA DO QUE O GAMEPLAY NAS LIVES e segundo estou me sentido um pouco só, mas quando você mora numa cidade de 15k de habitantes é foda de achar e quando você acha ela é adolescente. PS: Eu tenho 19 quase 20 anos
submitted by IgorExtreme1512 to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 17:41 BrenoSekiro Por que hoje em dia é mais facil encontrar um cara de 18 anos bv do que uma mina de 18 anos virgem?

Estava refletindo a respeito daquele video do cara de 19 anos beijando a menina de 12 e me pergunto pq a vida sexual das garotas está acontecendo muito mais cedo e isso nao ocorre com os garotos. Sei lá, com 12/13 anos os mlk tao pensando em assistir anime e jogar lol enquanto as meninas tao pensando com quem elas vao ficar dps da aula (é óbvio que isso não é 100% dos casos). Essa situação se agrava e muito mlk chega aos 18 anos sem nem ter beijado ainda e, de acordo com o que eu tenho observado nas pessoas, essa quantidade não é pouca. Oq vcs acham?
submitted by BrenoSekiro to brasilivre [link] [comments]


2020.10.30 17:06 ___BerZerk___ Acho que tô perdendo a oportunidade

Seguinte eu tava na maior bad por causa de uma ex minha que já tinha terminado faz tempo mas deu uma recaída. Daí fui conversar com uma menina amiga minha que eu sempre fui muito afim mas nunca consegui nada, mas dessa vez o papo fluiu e a gente se entendeu demais, ela é bem mais parecida comigo do que eu pensava. Começou a rolar uns flertes de ambas as partes e no final da semana passada ela deixou claro que me queria e tals só que não agora que ela acabou de sair de um relacionamento horrível porque precisa se reconstruir primeiro. Eu fiquei muito feliz porque da pra ver que realmente tá gostando de mim e na cabeça dela e na minha a gente daria muito certo juntos. Mas eu acho que já tô perdendo ela, isso aconteceu na semana passada e até agora nessa semana a gente meio que não estamos mais na mesma sintonia, nossas conversas não são ruins mas não tem o mesmo ritmo que tinham antes... Eu tô com medo de tar perdendo ela e não sei o que fazer pra "reatar" eu me considero bonito e bom de papo mas essa menina sempre foi meu ponto fraco e agora que eu consegui uma chance com ela eu acho que quebrei. Enfim só um desabafo mesmo
submitted by ___BerZerk___ to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 16:27 RecZX Vender packs?

(18F) Eu estou precisando de uma grana pra continuar a faculdade, queria saber se alguma menina ja vendeu ou vende packs. E como e onde posso vender
OBS: Nao posso mostrar meu rosto
submitted by RecZX to sexualidade [link] [comments]


2020.10.30 15:26 overlyy Acho meu pênis estranho

Eu tenho 24 anos, ainda virgem. mas antes de falar sobre o título queria dar um pouco de contexto.
Eu sofri um pouco na minha adolescência, um pouco de bullying (que em parte acredito ter ajudado em algumas coisas) mas majoritariamente culpa de minha própria natureza reflexiva. Eu tinha um problema de auto estima grave, meu primeiro beijo foi um arrumado, as meninas q eu tinha interesse cagavam pra mim. Foi quando eu percebi q não era good looking e talvez tivesse que arrumar outras maneiras. Esse problema acabou sendo "resolvido" no meu terceiro ano do ensino médio, quando eu realizei a proeza de ficar com a menina mais caçada da turma (ela tinha acabado de terminar um relacionamento). O tempo passa e a gente começa a ficar sério, eu começo a enxergar q a hora vai chegar.
Nessa hora comecei a olhar pra baixo e achar estranho pra caralho o que eu tinha. Eu n acho pequeno (grower aprox 16cm) mas o formato em si que é estranho, curvado pra baixo com uma acentuação moderada e levemente pro lado. eu me questionei muito sobre possiveis problemas na hora da penetração e fiz alguns cálculos pra saber se seria peyronie. não era o caso. Eu estava bastante inseguro mas preferi conversar com ela sobre isso, fui bem sincero e contei tudo. Ela se mostrou compreensiva e falou q custava nada tentar, eu fiquei bem aliviado e senti que ja tinhamos bastante intimidade nesse ponto, apesar de que a gente n estava namorando todo mundo do colegio via a gente junto. Nessa época eu tinha viajado e tava a mais ou menos 2 semanas fora quando recebo uma mensagem do meu melhor amigo com um print dela dando em cima dele. Aquilo ali foi o mesmo de tomar um tiro de .50
Desde então eu tenho dificuldade de confiar em alguém o suficiente pra chegar no sexo, sinto que perdi o interesse em ter parceiras. Fui fazer faculdade fora do país e nesses ultimos 6 anos devo ter me relacionado (papo de ter beijado só e nunca mais falar) com umas 4 mulheres, das quais 3 que tiveram a iniciativa. Não sei se to lentamente virando assexual, se só perdi a paciência, se é trauma falando mais alto... talvez uma cirurgia estética ajude, mas n me vejo fazendo nem tão cedo.
submitted by overlyy to sexualidade [link] [comments]


2020.10.30 14:48 KenzilRay Insistir ou desistir?

Bom dia galera, tudo bem?
Tenho 21 anos e eu sou novo aqui, na verdade sou novo no Reddit em geral, e eu gostaria de desabafar um pouco com vocês, já vou adiantando minhas desculpas pelo texto longo.
Em Junho desse ano eu conheci uma menina pelo Tinder, e coincidentemente ela é da minha sala na faculdade, (estamos no primeiro ano, e como só tivemos aulas presenciais até Março, não deu pra conhecer muito bem o pessoal da sala). Bom, ai o caminho ficou mais fácil, eu procurei o WhatsApp dela no grupo da sala, e começamos a conversar por lá, e a gente se deu super bem, conversávamos o dia todo, sobre a faculdade, sobre o nosso cotidiano, sobre nosso problemas, enfim, sobre os mais variados assuntos, dava pra ver que ela tava afim de mim, assim como eu tava afim dela, mas infelizmente a gente não podia sair, nem se encontrar, por conta da quarentena estava tudo fechado, e tanto ela, como eu, estava levando isso a sério.
Bom galera, depois de uns dias conversando, eu percebi que ela estava totalmente diferente comigo, ela demorava horas pra me responder, e não me tratava como nos dias que a gente se conheceu. Isso me incomodava, mas eu sabia que não posso ficar cobrando isso de uma pessoa que sequer nem vi pessoalmente, então eu deduzi que ela estava passando por alguns problemas pessoais. Só que chegou num ponto que eu não aguentei mais, e resolvi perguntar a ela o que tava acontecendo, e resumidamente, ela tinha me dito que queria ir com calma em relação a tudo, pois passou por decepções recentes e não queria ser iludida novamente. Eu entendi o lado dela, até porque a gente não deve ficar forçando nada, tudo tem que acontecer de forma natural.
E desde esse tempo pessoal, vínhamos conversando como amigos pelo WhatsApp, as vezes conversávamos o dia todo, as vezes ela demorava pra responder, mas ela nunca me tratou mal, sempre foi gentil comigo, sempre puxava assunto e me chamava pra conversar, chegamos até fazer trabalho da faculdade juntos, eu senti que rolou uma identificação ali, entendem? Dava pra notar que ela gostava da minha companhia.
Só que a tragédia mesmo aconteceu no começo desse mês KKKKK Eu resolvi tomar uma atitude e falei que eu tava afim de uma conversa olho a olho, sair pra algum barzinho, lanchonete, restaurante, enfim, o lugar não importava, eu só queria conhecê-la melhor, sem segundas intenções. Galera, ela mandou um texto gigantesco, gigantesco mesmo, mas vou resumir aqui pra vocês: Ela disse que não sentiu o suficiente pra tentar um relacionamento, que eu posso ter criado um sentimento que não seja exatamente por ela. Ela também me disse que a gente pode dar certo lá na frente, mas que agora a gente não se identifica pra isso. Pra finalizar ela contou que tava gostando de um cara que não sabe o que quer e que sempre vai e volta na vida dela.
Isso me deixou abalado de uma forma inimaginável gente, mas ela disse que se eu quiser, eu posso chamar ela pra continuar a amizade, ela só pediu um tempo pra eu me recuperar e acabar com esses sentimentos. E hoje pessoal, eu continuo decepcionado com o que aconteceu, eu sinto muito a falta da companhia dela, das mensagens, dos assuntos. As vezes eu me arrependo de ter dito tudo aquilo pra ela, pois hoje parece que a gente nem se conhece mais..... mas por outro lado, eu não iria saber que ela gosta de outra pessoa entendem?
Isso tá afetando no meu dia a dia, no meu desempenho no trabalho, nas aulas online, e nessa quarentena parece tudo ficar intenso, eu choro sozinho, sinto saudades, fico carente esperando por uma mensagem inesperada, eu sinto um vazio muito grande. Eu cheguei a responder alguns stories dela (podem me chamar de trouxa gente, porque eu sou mesmo), e ela respondeu com muita gentileza, como se nada tivesse acontecido, mas eu não prolonguei muito a conversa, porque eu só iria ficar me machucando ali... e não é isso que quero para mim!
Gente eu gostaria de saber o que vocês fariam no meu lugar, se vocês chamariam depois pra continuar a amizade ou não? Mais uma vez me desculpem pelo texto longo, não sei se alguém vai ter coragem ou o tempo suficiente pra ler e responder tudo isso, mas eu precisava desabafar com alguém....
Obrigado!
submitted by KenzilRay to desabafo [link] [comments]


2020.10.30 14:45 Alternative-Purple60 Pai preconceituoso

Meus pais são do tipo que cenas de violência, estupro, sexo quase explicito entre hetero tudo bem, se lgbtq+ derem um selinho mudam a cena. Dizem que racismo não existe, são sexistas, machistas (meu pai ainda é misógino, um machão hetero top com masculinidade fragil) homofóbicos, transfóbicos... os dois são essas coisas mais o meu pai é bemmm pior, muito pior. Ele incentiva meu irmão a gostar de violência em filmes e que ele tenha varias namoradinhas (ele tem 7 anos), se ele relaxar a mão meu pai ameaça de bater, e manda na minha mãe, as roupas que ela veste, esse tipo de coisa. Comigo era assim tbm, não podia sentar de perna aberta que meu pai já me ameaçava de bater, uma vez quase apanhei por isso. Tenho quase certeza que não sou hetero e ctz que sou ateia (sendo que meu pai me disse que enquanto eu viver aqui vou ter a mesma religião, mas pelo menos não são tão religiosos) e ouvir essas coisas me cansa e me entristece. Criei um diário e estou gravando o que sinto, ta me ajudando um pouco, to tentando ignorar e evitar ouvir esse tipo de merda. Planejo sair de casa, vou fazer curso integrado e poder trabalhar, atualmente penso em dar reforço já que sou boa aluna, posso guardar uma grana e comprar o que quiser assim. To tentando ficar longe deles um pouco, conversar menos, evitar todas as coisas preconceituosas que eles falam e tals. Eu não quero discutir nem nada com eles, eles acham que são os donos da razão e isso só vai me chatear mais, tbm não me sinto mt segura de expor meus pensamentos pra parentes e familiares já que eles são preconceituosos. Uma vez, eu tava me descobrindo, e falei pra duas amigas que era bi (eu era mais nova e achei que tava sentindo algo por uma menina, mas na real não tava), eles leram e falaram que era muito nova pra pensar em quem transar, sendo que não é só sobre isso, nem conversaram comigo direito, eu acabei bloqueando a menina e parei de falar com ela, me arrependi esses tempos e me desculpei com ela, além de que entrei num amino lgbtq+ e eles (só minha mãe, meu pai nem sequer falou nada) me ameaçaram de tomar o celular, quando eu souber o que sou mesmo, sair do armário só na minha casa. Além disso me tornei bem insegura e talvez por culpa deles
submitted by Alternative-Purple60 to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 12:26 KenzilRay Insistir ou desistir?

Bom dia galera, tudo bem?
Tenho 21 anos e eu sou novo aqui, na verdade sou novo no Reddit em geral, criei minha conta ontem, e eu gostaria de desabafar um pouco com vocês, já vou adiantando minhas desculpas pelo texto longo.
Em Junho desse ano eu conheci uma menina pelo Tinder, e coincidentemente ela é da minha sala na faculdade, (estamos no primeiro ano, e como só tivemos aulas presenciais até Março, não deu pra conhecer muito bem o pessoal da sala). Bom, ai o caminho ficou mais fácil, eu procurei o WhatsApp dela no grupo da sala, e começamos a conversar por lá, e a gente se deu super bem, conversávamos o dia todo, sobre a faculdade, sobre o nosso cotidiano, sobre nosso problemas, enfim, sobre os mais variados assuntos, dava pra ver que ela tava afim de mim, assim como eu tava afim dela, mas infelizmente a gente não podia sair, nem se encontrar, por conta da quarentena estava tudo fechado, e tanto ela, como eu, estava levando isso a sério.
Bom galera, depois de uns dias conversando, eu percebi que ela estava totalmente diferente comigo, ela demorava horas pra me responder, e não me tratava como nos dias que a gente se conheceu. Isso me incomodava, mas eu sabia que não posso ficar cobrando isso de uma pessoa que sequer nem vi pessoalmente, então eu deduzi que ela estava passando por alguns problemas pessoais. Só que chegou num ponto que eu não aguentei mais, e resolvi perguntar a ela o que tava acontecendo, e resumidamente, ela tinha me dito que queria ir com calma em relação a tudo, pois passou por decepções recentes e não queria ser iludida novamente. Eu entendi o lado dela, até porque a gente não deve ficar forçando nada, tudo tem que acontecer de forma natural.
E desde esse tempo pessoal, vínhamos conversando como amigos pelo WhatsApp, as vezes conversávamos o dia todo, as vezes ela demorava pra responder, mas ela nunca me tratou mal, sempre foi gentil comigo, sempre puxava assunto e me chamava pra conversar, chegamos até fazer trabalho da faculdade juntos, eu senti que rolou uma identificação ali, entendem? Dava pra notar que ela gostava da minha companhia.
Só que a tragédia mesmo aconteceu no começo desse mês KKKKK Eu resolvi tomar uma atitude e falei que eu tava afim de uma conversa olho a olho, sair pra algum barzinho, lanchonete, restaurante, enfim, o lugar não importava, eu só queria conhecê-la melhor, sem segundas intenções. Galera, ela mandou um texto gigantesco, gigantesco mesmo, mas vou resumir aqui pra vocês: Ela disse que não sentiu o suficiente pra tentar um relacionamento, que eu posso ter criado um sentimento que não seja exatamente por ela. Ela também me disse que a gente pode dar certo lá na frente, mas que agora a gente não se identifica pra isso. Pra finalizar ela contou que tava gostando de um cara que não sabe o que quer e que sempre vai e volta na vida dela.
Isso me deixou abalado de uma forma inimaginável gente, mas ela disse que se eu quiser, eu posso chamar ela pra continuar a amizade, ela só pediu um tempo pra eu me recuperar e acabar com esses sentimentos. E hoje pessoal, eu continuo decepcionado com o que aconteceu, eu sinto muito a falta da companhia dela, das mensagens, dos assuntos. As vezes eu me arrependo de ter dito tudo aquilo pra ela, pois hoje parece que a gente nem se conhece mais..... mas por outro lado, eu não iria saber que ela gosta de outra pessoa entendem?
Isso tá afetando no meu dia a dia, no meu desempenho no trabalho, nas aulas online, e nessa quarentena parece tudo ficar intenso, eu choro sozinho, sinto saudades, fico carente esperando por uma mensagem inesperada, eu sinto um vazio muito grande. Eu cheguei a responder alguns stories dela (podem me chamar de trouxa gente, porque eu sou mesmo), e ela respondeu com muita gentileza, como se nada tivesse acontecido, mas eu não prolonguei muito a conversa, porque eu só iria ficar me machucando ali... e não é isso que quero para mim!
Gente eu gostaria de saber o que vocês fariam no meu lugar, se vocês chamariam depois pra continuar a amizade ou não? Mais uma vez me desculpem pelo texto longo, não sei se alguém vai ter coragem ou o tempo suficiente pra ler e responder tudo isso, mas eu precisava desabafar com alguém....
Obrigado!
submitted by KenzilRay to relacionamentoo [link] [comments]


2020.10.30 11:06 KatarinaMolovSOP [Possível gatilho?] Violência familiar deveria ser um tópico menos tabu de se discutir.

Eu sei que infelizmente é normal os pais baterem nos filhos, provavelmente vocês ja apanharam dos seus pais quando mais novos. Bom, no meu caso eu já levei un tapa aqui e ali quando criança por fazer alguma bobeira, o problema mesmo foi quando eu comecei a tentar ter uma identidade separada da minha mãe.
Quando eu comecei a virar adolescente, comecei a ter senso de personalidade e identidade, e eu queria me diferenciar da minha mãe. O problema é que ela sempre foi controladora pra caralho do tipo que revira suas coisas quando dá na telha dela e surta frequentemente (ela é borderline), e ai quando eu comecei a me perceber como uma pessoa diferente dela, ela começou a me bater, mas não era só um tapa, ela batia pra valer, com mão pesada pra machucar mesmo, ja até me deixou com hematonas na pele por 2x, e a violência física vinha acompanhada de MUITA violência verbal. Todo dia eu sofria alguma forma de abuso verbal, e toda semana um abuso físico.
Por causa disso eu virei uma menina retraída, desenvolvi uma depressão fudida que me acompanha aré hoje e cheguei a tentar suicídio algumas vezes, além de ficar muito insegura e carente. E o foda é que as pessoas sabiam disso, a coordenadora da escola sabia, meu pai sabia (divorciados), minhas tias, minhas irmãs... e ninguém via problema nisso, já que violência física dentro da família é super normalizado.
Muitas vezes eu quis ligar pra polícia ou fazer algum tipo de denuncia mas nunca tive coragem. Poxa eu era menor de idade, esses abusos começaram com uns 12 anos e só foram parar aos 18, mesmo assim o que parou foi só a parte física, por que a violência verbal ainda continua (tenho 20 hoje em dia, 21 em dezembro.), e os adultos que conviviam comigo SABIAM o que tava acontecendo e faziam vista grossa.
Eu queria tanto fazer una denuncia, mas o medo de sofrer ataques era tão grande que eu preferi sofrer calada.
"É sua mãe, como você pôde chamar a polícia pra sua mãe?!"
Hoje em dia eu ainda moro aqui com ela, por falta de opção mesmo. Eu trabalho, mas meu salário é pouco pra eu manter uma casa aqui na cidade onde eu moro. Eu ganho 700 conto por mês. Meu pai sempre disse que ia me levar pra morar na casa dele, mas nunca cumpriu a promessa, acho que a esposa dele não deixou eu morar lá ou coisa assim.
Enfim, queria que violência entre pais e filhos fosse um tópico mais abordado, e que não fosse tão tabu falar sobre. Agora eu engulo seco por não poder fazer nada com meu sofrimento. Ainda tenho vontade de denunciar, mas acho que já prescreveu, e a polícia não iria me ajudar, e além disso eu ia ficar sem teto, já que com certeza minha mãe me expulsaria de casa por isso.
submitted by KatarinaMolovSOP to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 09:19 rhinestonehawk Chorei pela primeira vez em anos.

Isso provavelmente vai ficar grande, pois estou fazendo isso para me manter distraído. Corrigir meus próprios erros de português enquanto desabafo. Me desculpem se tudo parecer um livro narrado, eu sou idiota assim normalmente.
Não precisam ler se acharem que tá chato, de verdade, não tem problema. O narrador é insuportável.
Ok, seguinte: Eu não sou muito de chorar. Eu chorei umas 4 vezes no máximo durante os últimos anos, e mesmo assim foram só chorinhos ouvindo alguma música ou assistindo alguma coisa.
Hoje é aniversário da minha mãe, e pra não estragar o dia falando alguma merda, eu decidi que ia ficar acordado de noite pra dormir de dia. Eu sei que parece uma ideia ruim, mas desde fevereiro eu já não estava conseguindo dormir de noite mesmo, só essa semana que eu consegui. Comecei a noite jogando no meu notebook (que está com a tela quebrada, portanto o uso na sala, conectado à TV), depois fui pro meu quarto pois eu pretendia assistir algum filme do diretor Sion Sono, já faziam alguns dias.
O filme era "Love Exposure", que muitos dizem ser incrível. No lugar que eu estava vendo dizia que o filme tinha uma hora de duração, mas depois de ver essa uma hora, eu descobri que na verdade o filme tinha 3 horas e eu tinha assistido o meio. Eis um fato sobre mim: eu não aguento assistir alguém sendo humilhado. Não importa quem. Um dos personagens do filme foi humilhado durante o filme inteiro por uma menina, e isso me deixou bem desconfortável.
Eu tava mal. Muito, muito mal. Não é de hoje, já fazem alguns dias que eu tô pior do que de costume. E o "de costume" já é horrível. Eu sou um garoto de 15 anos que tem problemas com a idade (eu odeio ter essa idade), sem amigos (só gente da internet, que sinceramente, não compensam a solidão), com uma irmã idiota e uma mãe que não merece me ouvir reclamar todo dia.
Depois disso do filme, eu não queria mesmo ficar sozinho, e apelei pro meu último recurso: omegle. Eu já usei o site várias vezes e conheci algumas pessoas lá (gringos), então eu já me garantia. Comecei a conversar com algum americano (ou americana, não sei) de 19 anos, que se sentia do mesmo jeito que eu. A pessoa disse que estava num canto escuro tentando não chorar. Estávamos no começo da conversa, falando sobre faculdade e como o ensino de lá é horrível.
Fui trocar a música que eu estava ouvindo, e quando voltei, o site tinha reiniciado. Eu não tive nem chance de dizer "tchau", de dizer meu nome, de salvar a conversa.
Isso já tinha acontecido comigo antes, quando conheci um canadense (ou uma, também não sei) que gostava da mesma banda que eu (Cocteau Twins) e por algum motivo o omegle me desconectou (ou desconectou ela) do nada.
Eu fiquei 20 minutos procurando aquela pessoa. Não achei de novo.
Dito tudo isso, finalmente chega a parte que eu choro. Eu tirei o fone, taquei o celular na cama, joguei o cobertor no chão, e fiquei parado por alguns segundos. Eu fiquei tão irritado com os meus pensamentos (imagina uma pessoa insuportável te enchendo o saco no seu pior momento, agora imagina que essa pessoa é você e você é assim mesmo) que me dei um tapa forte na cara. Comecei a me bater repetidamente, com força, de tanta raiva que eu estava sentindo de tudo e de mim mesmo.
E então comecei a chorar. Eu chorei muito, e forte. Tranquei a porta do quarto pois não queria falar com a minha mãe sobre isso (que com certeza iria acordar) mas ela acabou aparecendo e eu tive que ceder. Como imaginei, isso piorou as coisas.
Minha mãe é uma boa pessoa, mas quando se trata de mim, ela acha que EU rejeito tudo que ela fala, quando na verdade tudo que ela sabe fazer é falar que eu preciso ir num psicólogo, sendo que eu já fiz terapia e não adiantou em nada. Ela fica "pregando" pra cima de mim, sem nem considerar o que eu tô sentindo.
E em cima de tudo isso, eu ainda sou antissocial. No sentido mais puro do termo, em que eu realmente não gosto de socialização de qualquer forma, e eu não gosto de pessoas no geral, então pra que eu goste de alguém a pessoa precisa ser bem parecida comigo.
Eu não quero ir num psicólogo. Eu não quero contar os meus problemas pra uma pessoa qualquer, eu quero conversar com um AMIGO. E mesmo assim, de que adianta encher o saco de um amigo com os meus problemas? É idiotice e eu não faria isso.
Não precisam me consolar, não vou dizer que "tô bem agora", porque eu realmente nunca tô bem. Eu sei que tem gente aqui igual a mim, a quem essa parede de texto provavelmente não vai alcançar.
Me desculpem qualquer coisa. Eu provavelmente vou deletar isso em algumas horas ou alguns dias por vergonha, não gosto de me expor assim. E se leu até aqui, muito obrigado. Mesmo.
submitted by rhinestonehawk to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 05:01 desabaf0 Falta de reciprocidade está matando meu relacionamento

Eu (H29) namoro uma menina (M30) há 5 anos.
No começo era tudo lindo, ela assumia um pouco a postura de passiva e, apesar de não curtir muito isso, aceitava e conduzia as coisas.
O problema é que essa 'passividade' vem se intensificando ao longo dos anos, e piorou muito nesse último ano que ela mudou pra umas ideias de feminismo liberal pra uma vertente mais radical.
Eu não sei se é paranóia minha, mas é difícil não ficar pensando que os grupos que ela fica (onde falam "macho escroto", "não faço nada pra agradar homem", "homem não presta") não afetem isso.
Eu sempre fui mais afetuoso e mais sexual, mas ultimamente tá se formando um abismo e eu tô começando a reparar isso até em coisas básicas como:
Ela diz que demonstra amor de outras formas (ex: sou muito bagunceiro, aí ela comprou um cesto organizador) mas são de formas mais funcionais do que demonstrações de afeto puro.
Além dessas coisas me fazerem me sentir um lixo e achar que tem algo errado comigo ou meu corpo, eu tô perdendo rapidamente o tesão de fazer essas coisas por ela pq não tem reciprocidade alguma e sinto que tô idolatrando uma deusa preguiçosa e egoísta do caralho que não faz milagre algum por mim.
Até um pedido de casamento que estava super empolgado em fazer, eu perdi completamente o tesão.
Pior que estamos no processo de comprar um imóvel e mudar de cidade juntos, dar um tempo agora seria muito merda e não é uma possibilidade.
Essa semana dei um ultimato de terapia de casal, pq essas coisas estão me corroendo e semana passada acabei surtando e quebrei a máquina de lavar no soco, foi horrível.
É isso, tô aberto a sugestões, percepções, acolhimento, qualquer coisa que possa jogar uma luz em como sair dessa situação...
submitted by desabaf0 to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 04:29 Guitar_Fit ❗️Mano estou muito deprimido pq broxei alguém por favor me ajuda❗️❗️Alguém já passou por isso pode me ajudar ❗️❗️Pfv like pq preciso de ajuda

Fazia um bom tempo que eu estava atrás dessa menina,ela é minha amiga de faculdade e de certo modo as vezes ela me deixava irritado,as vezes sentia que ela era o tipo de pessoa que adorava se aproximar de outras pessoas simplesmente por interesse até em questão de namoro,ela sempre ficava com os mais ricos e no primeiro dia que eu chamei ela para ir ao cinema ela queria que eu pagasse tudo(mas isso é outro assunto então não foquem nisso) De lá para cá eu as vezes dava em cima dela mas normalmente ela sempre esquivava,contudo ela sempre aproveitava a chance para falar dos caras que ela ficava para mim e isso era chatoooo pra caralho,os caras só chegavam nela e ela ficava com eles de boa mas quando era comigo era sempre alguma coisa,eu sentia que as vezes ela não me via como um homem realmente é as vezes ela me via apenas como um cara que vai escutar tudo dela. Durante essa pandemia bem no começo do nada ela começou a me dar mais moral,com isso o clima tinha esquentado e as vezes trocávamos nuds,mas tu acredita que mesmo nesse momento ela falava de outro macho para mim ? Era tipo assim a situação eu chamava ela para vim aqui aí ela dizia que não podia pq estava ocupada ou que a mãe dela não deixava ela sair,no dia depois ela estava lá na praia,outro dia ela falou que se o cara não chamar ela para a casa dela ela iria correndo para lá (cara fiquei muito puto pq eu estava chamando ela faz tempo e ela nada!) por fim taquei o foda-se nessa menina. Aqui vem a parte do nosso sexo Nessa segunda feira ela estava de mudança,um local bem perto da minha casa aí ela tinha me dito que estava sem internet e que tinha que fazer um trabalho,ela perguntou para mim se poderia vim aqui em casa fazer o trabalho (eu não sei como mas eu pressentia que iríamos ficar),falei que sim podia que ela iria fazer o trabalho no meu notebook. Chegou a hora ela fazia as questões,papo vai e papo vem não me lembro como mas eu perguntei se podíamos nos beijar,de primeira ela negou mas aí na hora tacamos um beijo forte,o clima estava esquentando e aí eu peguei nos peitos dela e o clima esquentou mais ainda,como minha mãe estava em casa então não podíamos fazer muito barulho então eu dei um chupão na buceta dela. Terminou a situação continuamos o trabalho e ela queria transar mas só que tinha que ser muito rápido,o problema era que eu estava já a foi dois dias sem me mastubar e normalmente sem me mastubar eu gozo rápido,com isso ela falou “kkkkkkkk ria tanto do cara dos dez minutos mas agora tá aí” de certa forma eu me senti desafiado e fui dar em cima dela,com isso eu lá chupando ela e nada do meu pau ficar duro ;no momento que ele ficou duro eu pedi para ela chupar mas ela ficou enrolando e não chupou (isso daí já tinha abaixado um pouco meu tesão) com isso eu fui buscar a camisinha e odeio ter que tirar a camisinha da embalagem pq fico nervoso e me tremo mas tava tirando e com isso eu vi como ela estava me olhando e eu fiquei com menos vontade ainda. Falei para ela que não dava pq estava sem vontade e aí ela ficou puta de raiva,o bom é que eu ri da situação e o clima ficou menos constrangedor,rimos um pouco da situação e eu falei “acho melhor não tentarmos de novo” aí ela falou “valha Anon agora eu tô me sentindo mal,era para eu estar com raiva,foi tão ruim assim” falei que não mas que de certa forma eu só queria ficar mesmo com ela por orgulho mesmo pq me sentia comparado aos outros homens. Por fim deixei ela na parada e conversamos no Instagram aí ela me disse que ficou pensando se a culpa era dela,perguntou se a parte de baixo estava fedorenta e algo do tipo mas aí eu falei que não e falei que existe outros motivos do pq eu não estava muito excitado. De certa forma eu limpei um pouco a barra e rimos um pouco,mas desde dia eu tô passando por uma depressão fundida,um medo que eu fique broxa na próxima vez e um medo fudido de ficar ansioso de novo,eu já transei com duas mulheres e na última transa que tive com a última meu pau ficou meio duro e meio mole;nesse de agora não senti tesão e não fiquei duro e tenho medo que na próxima aconteça a mesma coisa. O pior é que tenho medo que ela espalhe esse assunto de mim,combinamos que não iríamos falar para ninguém ela que pediu para mim pq no dia ela não tinha se depilado e ela fica com medo que ela estava fedorenta no dia.
submitted by Guitar_Fit to sexualidade [link] [comments]


2020.10.30 03:20 Significant-Crow3419 A mina saiu correndo no meio do sexo.

Eu tô muito angustiado pelo aconteceu hj essa merda me pegou de surpresa. Bem, eu tava conversando com uma menina que conheci nesse aplicativo, pensei que não daria em nada já que esse sub é pra desabafos e é estranho de duas pessoas se conhecerem. Enfim continuei batendo papo com ela por umas duas semanas, saímos duas vezes e foi bem legal, ela é uma menina espontânea e interessante, bem diferente do padrão. Tava gostando dela e tls, tava bem interessado. ( Quase me apaixonando) levei ela pra sair e paguei tudo, fiz tudo que ela queria e quando chegou hj nós ficamos juntos das 8:00 as 16:00 até rolar um clima sexual e pá, eu sabia que ela era trans e tava super de boas com isso, já sabia que ela era insegura com o corpo dela, sabia das paranóias e fiz ela ficar confortável.. essas duas semanas aí ela chega quando to tirando a camisa dela a menina surta começando a chorar e saindo sem falar nada. Eu tô me sentindo estúpido por ficar apaixonado por uma menina que certamente tava me usando. Tipo n tem sentido ela começar a chorar do nada e flar "desculpa, não consigo". Como se tivéssemos num filme de drama.
submitted by Significant-Crow3419 to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 02:51 maria_rosa2323 sd

mano, meu amigo miguel me falo que tem um cara mexendo com a irma dele.
o cara pediu foto da ppk da menina que tem 10, e o cara tem 37
queria fazer justica, alguem manda um trava foda pra eu meter rajada nesse maluco
submitted by maria_rosa2323 to TravaZap [link] [comments]


2020.10.30 01:35 opropriomarcos Sugar daddy é otário que paga por atenção??

Sempre achei interessante a relação sugar, apesar de geralmente envolver um cara bem velho e uma menina linda e jovem nesse tipo de relação existem casos que o homem também pode ser jovem e gostar de um relacionamento mais leve, sem cobrança e ciúme!
Mas estou com uma questão na cabeça que realmente é complexa, é melhor "não pagar nada" e ter uma relação normal cheio de ciúme, pressão etc ou pagar para uma garota que vai te divertir e viver momentos incríveis do seu lado sem te cobrar nada e sem nenhuma demonstração de ciúme?
*Sempre achei otário homem que paga lanche, boleto, compra pack de foto de mulher etc... as mulheres não sabem nem o nome deles e só servem pra ser explorados
**No caso da relação sugar a grande questão é que sai mais barato pagar e não ter dor de cabeça, mas será que existe algum sentimento verdadeiro quando a relação é baseada em dinheiro ?
submitted by opropriomarcos to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 01:34 ordep13 Sou uma pessoa ciumenta.

Eu me considero uma pessoa bastante ciumenta, porém eu não demonstro isso pra minha namorada. É muito recorrente que ataques de ciúmes ocorram em mim só que eu nunca falo nada com ela pq eu sei que não há necessidade e também porque não quero ser tóxico. Ultimamente vi que ela voltou a conversar com um cara que ela ficava ano passado e que ela tinha até um sentimento a mais por ele. O cara é realmente gente boa e bom de papo só que eu não compro a ideia dele... hoje, no nosso aniversário de 8 meses de namoro, ela postou no close friends do insta dela um print de uma conversa com ele e isso me fez morrer de ciúmes. Alguém por favor me ajuda em como abordar isso com ela pra que de alguma forma isso se torne saudável pra mim e que eu não a impeça de conversar com ele ou que não soe toxico da minha parte.
Ah, aliás antes da gente namorar eu achava q ela gostava desse cara e ela achava q eu gostava de outra menina só que eu parei de falar com ela pq eu sei que não seria algo que ela ia gostar e só causaria desgaste na relação porque eu e essa menina sempre conversamos pra flertar e o mesmo foi o com ela. Quem puder me ajudar aí da um reply ou manda msg pfvr isso tá realmente me matando
submitted by ordep13 to desabafos [link] [comments]


2020.10.29 23:08 HeinariTaini Trancado no banheiro e chorando; não aguento mais.

Não aguento mais minha irmã me humilhando todo santo dia; me xinga, grita comigo, joga minha comida para os cachorros, me desrrespeita de várias formas. Queria estudar pra concurso pra poder me tornar independente e me livrar desse demonio que habita minha casa, mas nem isso posso, ela sempre escuta os funks dela em um volume altíssimo e vive chamando um bando de moleque pra vir aqui em casa, eles são mt barulhentos então não consigo estudar nem ler. Fazem festa várias vezes na semana aqui em casa o que torna o ambiente insuportável. Meu único momento de paz é as vezes q minha irmã tá dormindo, q é das 7 da manhã até as 17h da tarde, mas msm nesse periodo ela escuta música bem alto e se eu abaixar ela se acorda e aumenta de novo o som (EU TBM N ENTENDO O PQ DISSO). A vida dela é jogar freefire, ouvir funk e ficar vendo vídeos no youtube de gente rica genérica fazendo coisas imbecis ou provando x prato de comida. A menina n estuda, é burra pra caralho e nem deixa eu estudar e e eu juro q n grito com ela sempre falo baixo e lento pra n brigar MAS ESSE DIABO ESSE CÃO MSM ASSIM FICA QUASE ME BATENDO FAZ VÁRIAS MERDAS E EU TENHO Q FICAR CALADO DA VONTADE DE ENCHER A CARA DELA DE SOCO MAS EU JA SOU DE MAIOR ENTAO EU IRIA PRESO FACILMENTE, ALEM DE Q SE EU RECLAMAR DELA PRA MAMAE MINHA MAE VEM PRA CIIMA DE MIM SO PQ EU SOU HOMEM E ELA É MULHER ENTAO A MINHA MAE COMEÇA A GRITAR COMIGO E N ACONTECE NADA COM ELA, NADA! SO DA VONTADE DE ME MATAR EU QUERO MORRER N TEM SAIDA PRA MIM EU SO QRIA LER UM LIVRO OU ESTUDAR EU N AGUENTO MAIS TO CHORANDO MT
submitted by HeinariTaini to desabafos [link] [comments]